Dor e Luto: Desastres Naturais causam inúmeras perdas no Brasil

O ano de 2022 está apenas no início, mas os desastres naturais já causaram grandes perdas em todo o país. As chuvas recentes geraram enchentes, deslizamentos e outros diversos problemas em várias cidades. 

Contudo, não podemos culpar somente a mãe natureza por todo o estrago. Diversas situações ocorrem pela falta de infraestrutura das localidades, baseada em ações humanas destrutivas. O resultado dessas ações são grandes, e perigosos, problemas naquele ambiente.

Segundo a Confederação Nacional de Municípios, a Situação de Emergência (SE) ou Estado de Calamidade Pública (ECP) é o reconhecimento legal do poder público que comprova a veracidade dos efeitos adversos em um Município afetado por algum tipo de desastre natural ou provocado pelo homem sobre um ecossistema (vulnerável), causando danos humanos, materiais e/ou ambientais.

Recentemente, tem ocorrido muitas calamidades em nosso país. Diante disso, as notícias apontam inúmeras perdas. Com deslizamentos e pessoas desalojadas, o resultado é uma alta perda financeira. Porém, essa situação gera uma dor maior: a perda de milhares de pessoas.

Há prevenção para Desastres Naturais?

A princípio, muitas informações podem nos deixar em alerta. Atualmente, observamos que diversos locais apresentam condições de risco e, mesmo assim, são habitadas.

Diante disso, estar atento às características da região de nossa moradia é algo importante, podendo prevenir e evitar grandes problemas. Sabemos que a força da natureza é imbatível. Por isso, é necessário ter muita atenção.

Recentemente, todo o Brasil se comoveu com o desastre em Petrópolis. Há diversas pessoas desaparecidas e, no momento, o número de mortes já passa de 100. Vidas foram perdidas, de forma inesperada e dolorosa. Agora, diversas famílias choram a morte de seus entes queridos. 

Portanto, fica o alerta e a precisão de estar amparado. Além da forte dor da perda, inúmeras famílias de Petrópolis estão lidando com situações burocráticas e complexas para prestar sua última homenagem aos familiares.

COMPARTILHE:

Facebook
Twitter
LinkedIn